4 de junho de 2015

TVI24 anunciou programa com o grupo de humoristas para acompanhar "o acontecimento mais importante deste ano", seis anos depois de Gato Fedorento Esmiúça os Sufrágios na SIC.


Os Gato Fedorento vão voltar a reunir-se na televisão e em torno da actualidade política - um novo programa na TVI24 vai pôr Ricardo Araújo Pereira, Tiago Dores, José Diogo Quintela e Miguel Góis outra vez a discutir as eleições legislativas na rentrée televisiva. Seis anos depois de Gato Fedorento Esmiúça os Sufrágios, um programa de 25 minutos que se debruçou sobre as eleições legislativas e autárquicas de 2009 no horário nobre da SIC, Araújo Pereira gostaria de voltar a ter candidatos à mesa, mas está ainda a negociar com a TVI e a estudar com os restantes humoristas o formato que aí vem.
A novidade foi anunciada na manhã desta quinta-feira em Lisboa, durante uma apresentação da TVI em que o director de informação da estação de Queluz, Sérgio Figueiredo, confirmou que Araújo Pereira se vai manter no elenco do programa de comentário e sátira política Governo Sombra (TVI24 e TSF), mas que vai também estar no canal "com mais três gatos a fazer uma cobertura muito especial do acontecimento mais importante deste ano". Sérgio Figueiredo detalhou que será um programa diário e que estará no ar durante "quatro semanas".
Mas Araújo Pereira foi mais cauteloso. "É uma coisa da qual estamos a tratar. Estamos muito... qual é a palavra que se usa nestas declarações de chacha... Sensibilizados com o interesse dele", disse ao PÚBLICO com humor. "Estamos a pensar no assunto e na melhor maneira de eventualmente" abordar o programa e em "que tipo de coisa é que podemos fazer", acrescentou enquanto Marcelo Rebelo de Sousa o saudava com palmadas nas costas chamando-lhe "líder dos líderes". 
Tentou divergir a atenção para temas que, disse, muito mais o preocupavam e aos portugueses  - "o Benfica não tem treinador" - e respondeu aos jornalistas sobre se os Gato gostariam de, tal como em 2009 na SIC, ter os candidatos eleitorais no programa: "era simpático, vamos ver se é possível", frisando que "ainda não está tudo fechado". Nomeadamente "que tipo de alterações" em relação ao formato já explorado na SIC e que teve audiências crescentes, chegando a atingir mais de 1,9 milhões de espectadores e um elevado share de 46,5% com a entrevista que Manuela Ferreira Leite deu a Ricardo Araújo Pereira.
Os Gato Fedorento fizeram a sua última aparição na televisão em conjunto, salvo a publicidade, em Dezembro de 2013 com um sketch de dez minutos no horário nobre da SIC a que chamaram A Solução e em que propunham a contratação de Steven Seagal para “dar um pontapé nas partes baixas de Pedro Passos Coelho”. 

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.

Follow Me