9 de junho de 2014

Mudança ocorre já esta segunda-feira e durará todo o tempo do Mundial de futebol. Contrato para esta primeira série termina em meados de Julho.


A TVI vai integrar a partir desta segunda-feira o programa de humor Melhor Que Falecer, de Ricardo Araújo Pereira, no Jornal das 8. A intenção é fazê-lo durante todo o Mundial de futebol, precisamente porque esse passará a ser o tema de base da rubrica humorística.

Fonte da TVI confirmou ao PÚBLICO a mudança de estratégia em relação ao programa de Ricardo Araújo Pereira que nas próximas semanas será dedicado ao Mundial de futebol que decorre no Brasil entre 12 de Junho e 13 de Julho. Os cerca de seis a sete minutos diários – a duração mínima para que um programa possa aparecer na contabilização das audiências é de cinco minutos – serão integrados na parte final do principal noticiário da noite, quando até aqui o programa era emitido logo a seguir ao Jornal das 8 e antes da novela O Beijo do Escorpião.

Desde a estreia, a 14 de Abril, as 49 emissões do programa tiveram uma média de 860.400 espectadores e um share médio de 20,9%, de acordo com dados da GfK analisados pela Marktest/Mediamonitor. Curiosamente, os três únicos dias em que a audiência caiu a pique foram os dos três últimos jogos do Benfica na Liga Europa - as meias-finais contra a Juventus e a final, que a equipa portuguesa perdeu, contra o Sevilha - transmitidos pela concorrente SIC. O que não deixa de ser uma ironia tendo em conta que é conhecido que Ricardo Araújo Pereira é um ferrenho adepto benfiquista.

Mas os valores médios de audiência são também prejudicados pelo facto de serem contabilizados também os compactos de sábado, que são emitidos muito mais tarde - quase à meia-noite -, quando o universo de telespectadores é mais reduzido.

Os valores médios do programa colocam-no abaixo do Jornal das 8, que o antecede, e a novela O Beijo do Escorpião, que é emitida a seguir, ainda que figure muitas vezes a meio da tabela dos 10 mais vistos da TVI. Esta deverá ser, portanto, uma forma de aumentar o público do humorista.

A data do fim do Mundial corresponde, aliás, ao final do contrato que liga o humorista e aquele canal de televisão. O lançamento do programa, em meados de Março, teve direito a convocação da imprensa sem serem revelados pormenores e a uma intervenção em directo na TVI, ao início da noite, de Ricardo Araújo Pereira.

Já nessa altura foi anunciado que o programa teria, numa primeira fase, uma duração de três meses, ainda que tenha ficado logo no ar a hipótese de a TVI avançar com a encomenda de mais uma série. Aparentemente, se tal acontecer, deverá ser lançada apenas no final do Verão.

Estreado a 13 de Abril, o novo programa do humorista recria em televisão parte das personagens e situações das crónicas radiofónicas matinaisMixórdia de Temáticas, na Rádio Comercial, emissora que pertence, tal como a TVI, ao grupo Media Capital.

Esta não é a única presença de Ricardo Araújo Pereira na TVI. O humorista integra o leque de comentadores do Governo Sombra, emitido na rádio TSF (onde nasceu) e na TVI24.

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.

Follow Me