10 de setembro de 2009

Gato Fedorento regressam segunda-feira para "esmiuçar" a campanha eleitoral


Os Gato Fedorento regressam segunda-feira aos ecrãs da SIC para "esmiuçar" dia-a-dia e em directo tudo o que se passa na campanha eleitoral, num registo mais formal mas sempre de garras afiadas.



"O programa basicamente segue o modelo do 'Daily Show' do Jon Stewart (programa norte-americano exibido em Portugal através da SIC Radical e da SIC Notícias. Tem um apresentador que conduz a emissão e um convidado", explicou à Lusa Ricardo Araújo Pereira, um dos quatro Gato Fedorento.

O humorista fez questão de salientar que "Gato Fedorento Esmiúça os Sufrágios" se "trata de um Jon Stewart das barracas, um 'Daily Show' pelintra".

Miguel Góis realçou que o novo programa é "inspirado" no formato norte-americano, mas "sem a mesma qualidade", argumento que Tiago Dores rebate com um "a palavra é copiado e não inspirado".

O programa terá uma duração média de 25 minutos e será transmitido em directo diariamente.

"O modelo de intervenção humorística deste programa, o modo como se aborda a actualidade é diferente de como era nos programas anteriores", disse Ricardo Araújo Pereira.

A primeira grande diferença serão os convidados, todos "verdadeiros".

"Significa isto que não há tempo a perder na maquilhagem a maquilhar de Sócrates ou a disfarçar de Valentim Loureiro. Não há tempo para isso", afirmou Araújo Pereira, acrescentando que "é um programa de comentário humorístico sobre o que acaba de acontecer no telejornal, em que não há sketches".

O líder do CDS-PP, Paulo Portas, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa e os líderes do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, e do PCP, Jerónimo de Sousa são alguns dos "nomes de protagonistas da política" que já confirmaram presença em "Gato Fedorento esmiúça os sufrágios".

"Estão confirmados os nomes e as pessoas", realça Tiago Dores.

"Imagine-se o que era dizermos que tínhamos o nome de Paulo Portas confirmado e vinha só o nome...", acrescentou Ricardo Araújo Pereira.

Além de políticos, o programa contará também com a presença de analistas, comentadores e jornalistas.

Para o programa interessam apenas os "grandes e os minúsculos" temas.

"Os pequenos e médios temas não nos interessam - o que é pena, porque as PME são um grande tema -, interessa-nos os grandes temas, falar do que vai acontecendo de substancial na política, mas como isso não é assim tanto e não dá para preencher o programa, interessa-nos também o pequeno. A espuminha que não interessa tanto, mas com a qual se consegue fazer uma boa festa", afirmou Araújo Pereira.

"Gato Fedorento Esmiúça os Sufrágios" - que esteve para chamar-se 'Ui o que para aqui vai de plebiscitos' e ainda 'Sentimentos', "nome que a TVI fanou" - arranca a 14 de Setembro e termina a 23 de Outubro, apanhando assim as campanhas para as eleições legislativas e autárquicas.

Os cartazes de promoção ao programa dos Gato já estão espalhados pelas ruas. Um alude a um cartaz do PS, em que José Sócrates surge no meio de pessoas na rua, e outro a um do PSD, com Manuela Ferreira Leite sentada numa secretária.

0 comentários:

Com tecnologia do Blogger.

Follow Me